Contato

Para dúvidas, esclarecimentos e representação

Tel: (+66)982 636290

info@fronteiras2018.com

O RETORNO

 

A viagem foi mais longa do que o normal. Uma viagem de 24 horas dentro do avião somada com o deslocamento da casa onde morava no Japão até o Aeroporto de Narita, o check-in e depois mais algumas horas de espera até o avião decolar. Soma-se às 2 horas para o reabastecimento em Los Angeles  e podemos pensar em 36 horas em toda esta longa jornada. E nisso entra a ansiedade de chegar logo para o reencontro com meus filhos tornando-se a mais longa viagem de todos os tempos. Cheguei ao limite do cansaço.

Para mim esta viagem durou quase 20 anos. Um espaço da minha vida......

VALEU A PENA?

 

Quando voltamos para nossas origens e percebemos as diferenças que sentimos no comportamento das pessoas, nas dificuldades em ser atendidos num hospital ou num órgão público, no mal atendimento de uma balconista, na sujeira das ruas, um lixo jogado nas ruas sem serem separados, pessoas mal vestidas e sem camisa, uma tonalidade de voz alta e querendo se sobressair nas conversas, pessoas entrando na sua casa sem tirar os sapatos...neste momento podemos perceber o quanto mudamos e o quanto ganhamos e perdemos nas nossas vidas. Ganhamos uma grande riqueza,.......

NOSSOS ANTEPASSADOS NO BRASIL

 

Quando nossos pais partiram do Japão para trabalharem no Brasil e sonhavam fazer dinheiro suficiente e voltarem vitoriosos para a sua pátria mãe, não imaginava o que os esperavam. Já a caminho do Brasil e sentindo a longa viagem de ida de quase dois meses e que teriam de fazer o mesmo caminho de retorno, que tipos de pensamentos passavam nas suas cabeças, o que imaginavam naquelas horas rumo ao desconhecido?

Será que foram as mesmas dúvidas, receios, medos e esperanças que sentimos quando estamos pela primeira vez rumo ao Japão desconhecido? Penso que naquela época a situação............

A CHEGADA NO ALOJAMENTO

 

Como estávamos cansados e necessitando de um bom banho para recuperarmos nossas energias, fomos perguntar aonde era o local do banho e qual a nossa surpresa, neste dia a área dos banhos estava fechado para manutenção e a solução apresentada foi tomarmos um banho no “sento” (banho público) que ficava perto do alojamento. E lá fomos todos tomar banho pela primeira vez no Japão à moda japonesa. E o tantocha sempre nos acompanhando para não cometermos nenhuma gafe neste primeiro contato com o Japão. Pagamos 200 ienes (2 dolares) e você recebe uma toalha e entra num hall cheios de boxes aonde guardamos nossos pertences e as roupas. E lá vamos nós, todos pelados, para tomar o banho. E haja homens pelados tomando banho.

-Cara, coisa mais estranha! Será que não tem um misto não? Perguntou o sacana do Joãozinho e num tom de gozação....

O LIXÃO

 

Quando estava no Brasil muitos falavam do lixo do Japão e os valiosos objetos que conseguia nestes lixos. Nos dias que estávamos ainda na espera de começar a trabalhar alguém veio nos dizer de um lixão que tinha perto do alojamento e que havia muitas coisas boas neste lixão. No mês de agosto os japoneses recebem parte do bônus salarial e é a época que renovavam seus aparelhos eletro domésticos e jogavam numa área e data definida o que não queriam. Saímos. Saímos todos correndo e qual o meu espanto em deparar com televisão, micro ondas, aparelhos de som, moveis e outros objetos que possuíam um grande valor para nós brasileiros. Eram aparelhos........

Capítulos do livro

PARTE 1

1-O Retorno

2-Valeu a Pena

PARTE 2

3- Contato Com Outras Civilizações

4-Nossos Antepassados no Brasil

 

PARTE 3

5-A Viagem

6-As Primeiras Impressões

7-As Primeiras Novidades

8-O Alojamento e as Primeiras Descobertas

9-Na Prefeitura

10-O Supermercado

11-O Lixão no Japão

12-As Bicicletas

 

PARTE 4

13-O Emigrante e Seus Sacrifícios

14-Minhas Expectativas num País Desconhecido

15-Sou Descendente, Sou Japonês ou Não?

16-Novas Raízes

PARTE 5

17-A Caminho da Fábrica

18-Na Fábrica

19-O Japonês Que Trabalha Na Fábrica

20-Uma Linha de Produção (a escrever)

21-A Mulher Brasileira na Fábrica

22-Diferença de Paladares

 

PARTE 6

23-O Racismo

24-Saudades

25-A Vida do Cotidiano

PARTE 7

26-As Características do Brasileiro no Japão

27-O Pais da Revelação

28-O Brasileiro Sovina

29-A Relação Entre os Brasileiros (a escrever)

30-O Alto Poder Aquisitivo do Brasileiro no Japão

31-Uma História Diferente (a escrever)

PARTE 8

32-O Japão dos Japoneses (a escrever)

33-O Japão dos Brasileiros (a escrever)